Votações marcam 1ª sessão do mês da Câmara de Ibiam

Reunião realizada nesta terça-feira (07)

Os vereadores de Ibiam reuniram-se nesta terça-feira (07) para a 1ª sessão ordinário do mês de maio, sob a presidência de Sérgio Antonio Ramos (PSDB).

Na oportunidade houve aprovação da Indicação nº 13 do vereador Miguel Felicetti (MDB) que sugere a Secretaria de Obras para que seja feita a reabertura e cascalhamento da estrada de acesso á antiga escola Tancredo Galafassi, que divide os municípios de Ibiam e Tangará, em São Miguel, bem como reforma do bueiro existente nesta estrada. Ele justifica que foram feitas indicações verbais e até o momento não resolveram a situação.

Foi aprovada ainda a indicação nº 14 do vereador José Henrique Ramos Moreira (PSD) sugere á Secretaria de Obras, que seja feito patrolamento da estrada geral da comunidade de Linha Gramadinho, bem como patrolamento e cascalhamento do acesso á propriedade de Célio Moreira, na mesma comunidade. Em sua justificativa informa que o proprietário solicita o serviço à tempo e não foi atendido, encontrando dificuldade para se deslocar com veiculo de sua propriedade, onde há pessoas na família com problema de saúde, sendo necessário a realização do serviço com urgência. Quanto a estrada da comunidade, a mesma está necessitando de manutenção, pois com as fortes chuvas ocorridas nos últimos meses, danificou a mesma, dificultando o trânsito.

Jocimar Tesck de Oliveira (MDB) também teve aprovada sua indicação referente ao pedido de reforma e alargamento da ponte na divisa dos municípios de Ibiam e Ibicaré, próximo a propriedade de Darci Cavazin, na comunidade de Vista Alegre. Ele justifica pois a ponte está em péssimas condições, sendo necessário o alargamento da mesma, para facilitar o transito de caminhões pesados, que atendem os produtores retirando a produção das propriedades.

Na sessão ainda houve a aprovação do Requerimento 020/19 do vereador Miguel Felicetti (MDB) o qual solicita que o Prefeito cópia da documentação que comprova o vínculo do Senhor Selmir Paulo Bodanese com a empresa SPB Health Solution. Em sua justificativa destaca que solicitou estes documentos ao Executivo, no ano de 2018, o mesmo, respondeu que a documentação havia sido recolhida pelo GAECO e até a presente data não foram enviadas as cópias à Câmara.

Miguel ainda teve a aprovação do requerimento ao senhor prefeito de Ibiam, o qual pede que esclareça:
Qual a relação do senhor Junior Cesar Tenute com o Município de Ibiam?
Quem realiza a alimentação dos sistemas da saúde desde janeiro de 2017 até o momento?

O presidente Sérgio Antonio Ramos (PSD) solicito ao relator da Comissão de Finanças e Orçamento parecer do projeto de lei 707/2019, o qual todos os membros foram favoráveis.
Ainda a Comissão de Constituição, Legislação e Justiça emitiu parecer do projeto de lei 708/19, o qual os membros requerem envio de ofício ao prefeito com informações necessárias para após emitir parecer.

O presidente também solicito ao relator da Comissão Especial para emitir parecer do projeto de lei 706/19, os quais foram favoráveis.

Na Ordem do Dia houve a 2ª discussão e votação do projeto de lei 702/19 que reconhece a responsabilidade civil da Administração Pública, por dano material causado a terceiro e autoriza o ressarcimento do prejuízo. O projeto foi aprovado com 4 votos favoráveis, 2 contra (José Henrique Ramos e Jocimar Tesck) e 2 Abstenções (Miguel Felicetti e Clodomir Parise).

Na 2ª discussão e votação do Projeto de Lei 705/19 que autoriza o Executivo para a aquisição e doação de padrão de energia elétrica a morador que teve casa consumida por incêndio. O projeto foi aprovado por 4 votos favoráveis, 1 contrário (José Henrique Ramos) e 2 abstenções.

Na 1ª discussão e votação do Projeto de Lei 706/19 que autoriza o Poder Público municipal a realizar a cobrança de taxa de inscrição e conceder premiação em evento esportivo e dá outras providencias. Aprovado por unamidade.

Também aconteceu a 1ª discussão e votação do Projeto de Lei 707/19, que altera a tabela II da Lei Municipal 273/2014 e dá outras providencias. Aprovado por unanimidade.

Passada a Palavra Livre, o vereador Clodomir Parise (MDB) solicitou aos colegas para adiantamento da próxima sessão para segunda-feira, dia 13 de maio. Elogiou o Diretor de Esportes pelo Campeonato Aberto de Futsal, o qual vai acolher grandes equipes da região proporcionando uma competição emocionante.

O vereador Sélio Cardoso Raizer (PP) comentou que sua ausência na reunião anterior deveu-se pela viagem para curso em Florianópolis, oportunidade que aproveitou para ir até a ALESC acompanhar reunião da Frente Parlamentar de Suinocultura coordenada pelo Deputado Altair Silva (PP).

Mauri Miorelli Dissegna (PT) fez repúdio verbal as decisões recentes do Governo Federal relacionado a Reforma da Previdência e cortes de recursos na Educação, especialmente de Institutos Federais. Homenageou os trabalhadores pelo dia 1º de maio e, informou que logo as sementes de pastagem estarão disponíveis na Secretaria de Agricultura.

 

José Henrique Ramos Moreira (PSD) enfatizou que cada um sabe de sua responsabilidade pelas decisões que toma nas votações na Câmara. Destacou que seu votou contrário ao projeto de auxílio de padrão elétrico tendo em vista que o Prefeito não deu a atenção devida ao caso e também ao Legislativo pois, não encaminhou os documentos necessários para entendimento dos vereadores. Foi um voto de protesto.
Com relação ao projeto que reconhece responsabilidade civil da Prefeitura, foi contrário por que esperava que o Executivo fizesse uma analise detalhada e, encaminhasse os documentos anexadas ao Projeto de Lei para interpretação dos vereadores. Finalizou elogiando pelo Campeonato Aberto de Futsal organizado pelo Secretário de Esportes, competição que vai mexer com a cidade.

Miguel Felicetti (MDB) disse que a forma que veio os projetos nota-se que o Prefeito apenas queria informar os fatos aos Vereadores não discutir os temas. Ele intitula-se anti PT mas, discorda das medidas do Governo Federal na área da Educação e solicitou ao presidente Sérgio Antonio Ramos (PSDB) para que encaminhe ofício de repúdio pela situação á todas as Câmaras de Vereadores de Santa Catarina, ALESC, e ao Congresso Nacional. Sugere que faça um Dia de Protesto Pacífico a nível estadual e federal agregar mais pessoas para o ato.

Irineu Slavadori (PDT) diz que cada um faz o que quer com seu voto mas, deve ter ciência da responsabilidade que tem sobre ele. Fez um comentário sobre cortes de verbas na Educação pelo presidente da república. Para Irineu é um presidente que envergonha o país.

Márcia Aparecida Gomes (PP) agradeceu a presença do colega Sélio Raizer representando o município junto ao deputado Altair Silva (PP) o qual já recebeu comunicado de empenho para custeio da saúde, programa de atenção básica, no valor de R$ 67 mil.

Josimar Tesck de Oliveira (MDB) diz que esperava mais respeito pelo lider do prefeito na Câmara e votará contra quando o Prefeito não encaminhar documentos necessários para embasar sua decisão. Enfatizou que pretende sair com o nome limpo ou seja responder a justiça por ter votado coisa errada. Recordou que no passado muitos vereadores não tiveram esta consciência e depois ninguém auxilia na defesa perante a justiça.

Clodomir Parise (MDB) retomou a palavra para reforçar a necessidade de a Câmara emitir ofício de repúdio ao Governo Federal pelos cortes na Educação pelo Presidente Brasileiro.

Finalizando a sessão o Presidente, Sérgio Antonio Ramos (PSDB) registrou a presença do Secretário de Agricultura e do empresário Celso Panceri. Também comentou sobre o corte de recursos nas Federais que segundo ele, isso vai refletir num atraso de 30 anos no desenvolvimento do país. Confirmou que vai encaminhar Ofício as demais Câmaras do Estado e ao Congresso Nacional.

Os vereadores voltam a reunir-se na próxima segunda-feira (13) as 18 horas.

Fonte: Assessoria de Imprensa Câmara de Vereadores de Ibiam

Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Ibiam
Foto: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Ibiam
Comentários
Carregando...