Vereadores de Ibiam solicitam esclarecimentos sobre atendimento de médico da Unidade Básica de Saúde

Primeira sessão do mês de abril foi realizada de forma remota na terça-feira (06)

Com a presença virtual de todos os vereadores houve nessa terça-feira (06) a primeira sessão ordinária do mês de abril sob a presidência da vereadora Cassia Pivetta (PP).

Após aprovação da ata da reunião anterior o secretário vereador Camilo Gatti (MDB) apresentou os expedientes recebidos pela Câmara de Ibiam. Sendo que a maioria são respostas do Executivo aos pedidos de esclarecimentos solicitados pelos vereadores.

Para conhecimento da comunidade destacamos a arrecadação de Ibiam em 2020 que foi de R$1.307.090,34 (um milhão trezentos e sete mil e noventa reais e trinta e quatro centavos). Com relação as medidas para aumento da arrecadação, o município esclarece que aguarda análise da central da CELESC de Florianópolis para implementação da COSIP, estuda reforma no Código Tributário Municipal (taxa de coleta de lixo e contribuição de melhoria), e implantação de planta genérica para ITBI (Imposto de Transmissão de Bens e Serviços), além de atualização do Plano Diretor e revisão e modernização das leis de incentivo. Com forma imediata de arrecadação o município realizará o recadastramento imobiliário.

A prefeitura ainda informou sobre a quantidade de doses de vacinas aplicadas contra a Covid-19 na população e esclareceu da impossibilidade de divulgar a lista de nome dos imunizados.

Também entre os expedientes foi comunicado aos vereadores que esta disponível na Câmara de Ibiam os relatórios contábeis do Fundo Municipal da Saúde e do Fundo Municipal de Assistência Social referente ao mês de fevereiro.

Na sessão a vereadora Andreia Lamperti (MDB) apresentou Requerimento na qual solicita a Secretária de Saúde de Ibiam esclarecimentos sobre o médico Hudson Peres Dorigão Belisário de Souza que trabalha na Unidade Básica de Saúde. Segundo ela vários munícipes relatam queixas de seu atendimento. As reclamações refere-se ao pouco caso no trato com os pacientes, uso de tom grosseiro durante as consultas e negativas de encaminhamentos à especialistas.

Em sua justificativa, a vereadora Andreia acredita que as queixas não foram relatadas somente à ela, mas para os demais vereadores.  Reforça o pedido para a Secretária de Saúde de Ibiam prestar esclarecimentos a Câmara o mais breve possível, explicando quais atitudes tomará quanto a situação. “Acredito que seja algo  que possa ser resolvido, pois, nosso município é pequeno e esse tipo de situação ainda mais no momento em que estando vivendo não poderia acontecer”, comenta a vereadora.

O requerimento foi aprovado por unanimidade pelos vereadores.

Como não houve pauta na Ordem do Dia a presidente Cassia Pivetta (PP) convocou os vereadores para a próxima sessão ordinária remota a ser realizada dia 13 de abril, às 19h30.

 

 

Fonte: Assessoria Imprensa Câmara de Vereadores de Ibiam
Foto: Assessoria Imprensa Câmara de Vereadores de Ibiam