Vereadores cobram explicações do Prefeito sobre projeto da COSIP

Sessão foi realizada na terça-feira (18)

Com a presença de todos os vereadores e sob o comando do presidente Jocimar Tesck de Oliveira (MDB) foi realizada na noite desta quinta-feira (18) mais uma reunião ordinária da Câmara de Ibiam.

Após aprovada a ata da sessão anterior e a leitura dos expedientes recebidos foi lido e aprovada a Indicação 002/20 de autoria do vereador José Henrique Ramos Moreira (PSD) que sugere ao Prefeito que seja feita a limpeza (roçada) no acesso da Linha Santo Alécio com a SC-135, mais conhecida como curva do Andreta. Ele justifica que aquele acesso é perigoso dificultando a visão dos motoristas, sendo que muitos munícipes utilizam aquele acesso e tem reclamado da dificuldade na visão de saída e chegada, devido a vegetação estar muito alta.

Também foi aprovada pelos vereadores Requerimento 004/20 de autoria de Miguel Felicetti (MDB) a solicitação ao Prefeito de Ibiam, o envio  da cópia do diário de bordo do veiculo VW/Jetta,  de uso oficial do gabinete do prefeito, no período de 1º/10/2019 á 18/02/2020, para fins de fiscalização de utilização dos veículos públicos.

Como não há pauta na Ordem do Dia o presidente Jocimar Tesck de Oliveira (MDB)  passou para a Palavra Livre. Neste momento, os vereadores da bancada do PP, Marcia Aparecida Gomes de Oliveira e Sélio Cardoso Raizer, juntamente com Irineu Salvadori (PDT) retiram-se do plenário após autorização do presidente.

O vereador Clodomir Domingos Parise (MDB) solicitou apoio do presidente da Câmara para que envie de ofício ao prefeito para que preste esclarecimentos a respeito do projeto do COSIP, tendo em vista que a matéria esta em analise na  Comissão de Tributação, Orçamento e Finanças e se faz necessário explicações dos responsáveis.

O vereador Sérgio Antonio Ramos (PSDB) destaca que o projeto da iluminação pública já tramitou nesta casa e tem a manifestação do Ministério Púbico  que seja aprovado em razão de caracterizar  renúncia de receita mas, a atual Administração de Ibiam tem feito pouco caso, em virtude de não prestar informações aos vereadores.  Com relação a seu discurso da sessão passada  assim justifica o vereador

 

Na sequencia o vereador Miguel Felicetti (MDB) relatou cobrança da família Trevisol para que a Prefeitura faça algo para vazão da água da chuva no asfalto de linha União pois, esta sendo feita sarjeta apenas de um lado da estrada. Ainda solicita a presença do engenheiro civil, Ronaldo Regalin para que venha na Câmara explicar sobre questão da drenagem pluvial.

Cobrou do Secretário de Urbanismo uma nova lixeira na SC-135, em frente a propriedade do senhor Francisco Borges para beneficiar em torno de sete famílias que moram nas proximidades. Sobre a taxa de iluminação o vereador Miguel questiona quais os benefícios para a população e de que forma será feita cobrança, e, por fim denuncia a manobra do prefeito de recontratar  mesmo que com orientação contrária do MP, senhor Hermorgenes Balena,

Mauri Dissegna (PT) comentou sobre melhorias em estradas do interior e na cidade destaque para calçamento na rua Orestes Felipe e julga fundamental a apresentação de projetos pelos vereadores e apoio ao Prefeito.  Manifestou seu interesse de realizar convênio com o hospital de Tangará, ante o Hospital de Campos Novos.

José Henrique Ramos Moreira (PSD) esclareceu que a falta de planejamento é o ponto forte da atual Administração, fato este que salientou na sessão passada mas, reforça para melhor entendimento. Citou vários exemplos que comprovam isso, desde o local da audiência pública de asfaltamento rural, mudado em cima do horário e questão orçamentária do projeto que poderia ter sido colocado em execução no 1º ano do mandato do atual prefeito, não deixando para este ano e o pior, colocando a culpa desta falta de gestão nos vereadores. Diz ter relatório que informa o mínimo de rejeições de projetos do Executivo Municipal de Ibiam na atual legislatura e, concluiu trazendo ao conhecimento que seus requerimentos ou indicações não foram atendidas pelo prefeito de Ibiam, fato este que lhe causa indignação.

Clodomir Domingos Parise (MDB) retomou a palavra para esclarecer que apenas dois municípios do Estado não cobram taxa de iluminação por isso, julga importante esta adequação tendo em vista que Ibiam precisa comprovar que tem 10% de sua renda própria e não correr o risco de ser extinto, conforme proposta do Governo Federal. Por isso, aguarda as informações do Prefeito para aprovação do projeto com consciência.

Sérgio Antonio Ramos (PSDB) reforçou que os vereadores não são obrigados a votar sem saber quem vai favorecer o projeto, a forma de ser paga e o montante de arrecadação.  Ainda destacou que esta Administração é pautada por promessas mas, desde lixeiras e lombadas que seriam disponibilizadas no município, não passaram de inverdades.

Miguel Felicetti (MDB) fez uma indicação verbal para que seja trocadas as lâmpadas na rua  João Pedro Dani onde residem 16 famílias. Destacou a falta de interesse da Administração pois, faz 2km de asfalto e não usa o mesmo material para fazer as lombadas.

Jocimar Tesck de Oliveira (MDB) confirmou que o ofício ao Ronaldo Regalin será encaminhado e  aguarda que os esclarecimentos da COSIP virão do Executivo, quem sabe o Prefeito venha prestar esclarecimentos na Câmara e ainda afirmou que  esperava que o convênio do Hospital Frei Rogério de Tangará fosse o primeiro a tramitar na casa neste ano mas, aguarda esta iniciativa do Prefeito.

Ao final o presidente convocou os vereadores para próxima sessão ordinária a realizar-se dia 20 de fevereiro, ás 19.30 horas.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Ibiam
Foto: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Ibiam