Trator na praça e convênios com hospitais pautam discussões dos vereadores de Ibiam

Última sessão ordinária do mês de fevereiro foi realizada nesta quinta-feira (20)

Foi realizada nesta quinta-feira (20) a última sessão ordinária do mês de fevereiro da Câmara de Vereadores de Ibiam. Com apenas, ausência de Sélio Cardoso Raisser (PP) os trabalhos foram coordenados pelo presidente Jocimar Tesck de Oliveira (MDB) com aprovação de dois requerimentos na reunião.

Deverá ser encaminhado pela Câmara ofício direcionado ao engenheiro da AMARP, Ronaldo Regalin, para que se faça presente em sessão ordinária, para sanar várias dúvidas a respeito do projeto de asfalto da Linha União.

Ainda foi requerido ao Prefeito de Ibiam , o envio de relatório de todos os bens que vai à leilão e o número de patrimônio de cada item a ser leiloado. Ainda que o Poder Executivo informe quando o trator que está na praça foi leiloado e não foi arrematado no leilão.

A justificativa do vereador requerente é de que se faz necessário para fins de fiscalização dos atos da Administração municipal e acompanhamento na baixa de bens públicos.

Ambos os requerimentos foram protocolados pelo vereador Miguel Felicetti (MDB).

Na oportunidade, o presidente Jocimar Tesck de Oliveira (MDB) nomeou os vereadores Clodomir Domingos Parise (MDB), Marcia Gomes de Oliveira (PP) e Mauri  Dissegna (PT) para comporem a Comissão Especial visando emissão de parecer relacionado ao Projeto de Resolução 006/20 e Projeto de Lei 728/20 a esta comissão para seu parecer.

Como não houve Ordem do Dia foi concedido Palavra Livre aos vereadores presentes em plenário. Dito isso, o vereador Irineu Salvadori (PDT) pediu para retirar-se da reunião.

Vereador Clodomir Parise (MDB) fez uma Indicação Verbal para a rua dos operários, há dois buracos no asfalto de acesso a cidade, tendo em vista que a via é estreita e pode ocasionar algum acidente. Pede então, a secretaria competente faça feito um tapa buracos.

Mauri Dissegna (PT) usou do espaço para explicar que é a favor de convênios com hospitais da região, seja de Joaçaba, Campos Novos e Tangará. Não é questão de trocar, mas que a Secretaria de Saúde analise pois, pelo convênio Hospital Frei Rogério a proposta é de R$ 10 mil por mês, porém com menos especialidades e atendimentos que Hospital de Campos Novos, porém uma distância mais próxima de Ibiam seria o Hospital de Tangará. Ainda  manifestou preocupação com o trânsito na Rua dos Operário com a Rua São Sebastião em razão do tráfego intenso de caminhões. Acredita que o prefeito, comissão de trânsito e a comunidade devem estudar soluções. Comunicou que produtores estão doando cascalhos para melhorias nas estradas.

O vereador Miguel Felicetti (MDB) questionou afirmações do Prefeito de Ibiam em entrevista a Rádio Cultura de Campos Novos na manhã de quinta-feira (20) o qual diz ter recebido parque de máquinas sucateadas pela Administração anterior, mas, segundo o vereador isso não corresponde com a verdade e,  pelo rumo que a atual gestão de Ibiam vem tomando é ele quem vai entregar maquinário estragado. A respeito do trator na praça, afirmou que o prefeito na rádio afirmou que a máquina agrícola foi tombada como patrimônio histórico. Neste sentido, requer o documento que comprove o tombamento.  Para Miguel é certo que no dia 2 de janeiro de 2021 o trator será tirado da praça e colocado a serviço dos agricultores. Quanto ao prefeito não saber o valor total gasto na obra de asfalto de Linha União não é novidade, pois, foi uma dificuldade da prefeitura de encaminhar a CPI, as notas e documentos que comprovem os gastos da obra.

Sérgio Antonio Ramos (PSDB) afirmou que é costumeiro o atendimento no Hospital Frei Rogério de Tangará e acredita que maioria do povo almeja isso também, por isso sugere que seja refeito este convênio com Tangará.  Diz que prefeito foi infeliz nas declarações se vangloriando que a colocação de trator na praça vai impulsionar o turismo, e, quando ao maquinário estava em condições de prestar serviços ao município.

Jocimar Tesck de Oliveira (MDB) demonstrou indignação ao ouvir a entrevista do prefeito pois, o trator nunca foi a leilão como disse Ivo Zanin pois, fosse o caso tinha sido adquirido por agricultores. Acredita que não fosse usado para silagem, seria útil para secar fossas sépticas ou puxar silagem com as carrocinhas. Sobre o convênio do Hospital de Tangará, esperava que fosse o 1º projeto a ser apresentado na Câmara pelo prefeito neste ano, mas, o município pode pagar valor mensal para os dois Hospitais, basta não pagar salário a auditor que custa mais de R$ 1.500,00 para a Administração municipal.

Finalizando a sessão, o presidente  Jocimar Tesck de Oliveira (MDB) convocou os vereadores para próxima reunião plenária, a ser realizada dia 3 de março, às 18.30 horas.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Ibiam
Foto: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Ibiam