Tangaraense é convocado para Seleção Brasileira de Voleibol Sub-21

Eduardo D’Agostini Wurster (Dago) tem 18 anos e iniciou sua trajetória como atleta no ano de 2017 em Jaraguá do Sul.

Desde muito cedo, Eduardo D’Agostini Wurster (Dago), teve vínculo com o voleibol, já que a mãe, pai e tios foram praticantes da modalidade. Sempre acompanhava seus pais e a equipe de Tangará, dirigida pelo técnico Enigir Ceron, nas competições locais e estaduais.

Aos 11 anos de idade, após assistir um jogo da Liga Mundial de Vôlei entre Brasil e Itália, realizado em Jaraguá do Sul/SC, descobriu a paixão pelo esporte e decidiu que também deveria estar dentro das quatro linhas.

Em 2017, a família mudou-se para Jaraguá do Sul, iniciando então a trajetória de Eduardo como atleta no Projeto de Voleibol patrocinado pela ADV/Marisol.

Eduardo e sua equipe foram multicampeões por Jaraguá do Sul, tendo conquistado vários títulos, dentre eles o Campeonato Estadual Infanto-Juvenil e os Joguinhos Abertos de Santa Catarina. Dago, como é conhecido foi o destaque. Em 2019, a equipe foi homenageada com o Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte.

Em 2020, transferiu-se para o Clube de Regatas do Flamengo, conquistando títulos na Categoria Juvenil e o vice-campeonato estadual na categoria adulta. Disputou a Liga Nacional de Voleibol 2020/21 defendendo o Vôlei UM/Itapetininga, que ficou com a 4ª colocação na concorrida competição nacional.

Em 2021, atualmente com 18 anos, a tão sonhada convocação para Seleção Brasileira Sub-21 objetivando a disputa do Campeonato Mundial da categoria, que será realizado na Itália e Bulgária.

“Melhore 1% ao dia, a longo prazo a transformação será gigantesca. Acredite em seus sonhos, tenha fé e trabalhe todos os dias para conquistar o que você merece”, palavras de Eduardo.

 

Fonte: Com informações do Blog La Pelota
Foto: Divulgação