Secretária de Saúde de Tangará esclarece que o município não tem casos suspeitos

Centro de Triagem atenderá a partir deste sábado (21). Um telefone e WhatsApp foi disponibilizado para tirar dúvidas e dar orientações: (49) 9 91504278

Está sendo divulgado nas redes sociais que Tangará teria um possível caso suspeito de Covid-19. Porém a informação não é verdadeira. A secretária de Saúde, Juliana Samistraro, esclarece que a informação não procede, não há casos suspeitos em Tangará.

 

Ela ainda informa que a partir deste sábado (21) iniciam os trabalhos em um Centro de Triagem, onde serão atendidos casos de problemas respiratórios. Esse centro está localizado nos fundos do Hospital Municipal Frei Rogério (antigo laboratório municipal), com entrada pela lateral.

Além disso, está sendo disponibilizado um número de telefone e WhatsApp para que os tangaraenses possam tirar dúvidas e receber orientações, o número é o (49) 9 91504278. A população deve ficar tranquila e manter os métodos de prevenção já conhecidos.

 

Prefeito de Tangará fala sobre prevenção do Coronavírus

Prefeito de Tangará fala sobre prevenção do CoronavírusCentro de Triagem atenderá a partir deste sábado (21). Um telefone e WhatsApp foi disponibilizado para tirar dúvidas e dar orientações à população: (49) 9 91504278

Posted by Rádio Tangará on Friday, March 20, 2020

 

 

Prevenção ao coronavírus

 

  • Caso apresente os sintomas da doença, como febre, tosse, falta de ar, dores musculares e de cabeça, deve procurar atendimento médico. Os agentes de saúde farão o devido encaminhamento, se necessário, e darão as orientações em relação ao tratamento
  • Em caso de dúvidas sobre onde procurar ajuda, as pessoas devem ligar para o número 136, do Disque Saúde, disponibilizado pelo Ministério da Saúde
  • Somente serão transferidos para UPAs ou hospitais pacientes em estado mais grave. Os sintomas do coronavírus são semelhantes ao de gripe e a recomendação para quem não tiver o caso agravado é que fique em isolamento e monitoramento em casa
  • Evite aglomerações
  • Evite contato com pessoas que estiverem visivelmente doentes, principalmente com sintomas respiratórios (tosse ou coriza)
  • Higienize as mãos frequentemente, seja com água e sabão ou álcool gel
  • Evite tocar os olhos, nariz e boca
  • Pratique a etiqueta da tosse: ao tossir e espirrar, cubra a boca com lenço descartável ou antebraço. Descarte o lenço imediatamente
  • Evite que crianças e adolescentes com menos de 14 anos mantenham contato prolongado com pessoas com mais de 65 anos
  • Evite a circulação em locais com grande aglomeração de pessoas, inclusive praias, lagos e lagoas

 

Fonte: Jornalismo Tangará AM
Foto: Divulgação