Região da AMARP avança para nível gravíssimo na Matriz de Risco

SC tem 13 das 16 regiões em risco gravíssimo para coronavírus

Subiu para 13 o número de regiões de Santa Catariana com risco gravíssimo (em vermelho) para coronavírus, aponta o novo mapa do governo do Estado. Este nível é o pior na classificação adotada. Outras três regiões estão em nível grave (laranja).

O novo mapa aponta um agravamento da situação em relação à semana passada, quando eram 3 regiões em alerta gravíssimo e 13 em situação grave. Nesta semana, a situação se inverteu.

 

Gravíssimo: Extremo Sul, Carbonífera, Laguna, Grande Florianópolis, Serra, Alto Vale do Itajaí, Médio Vale, Nordeste, Planalto Norte, Alto Vale do Rio do Peixe, Meio Oeste, Oeste e Xanxerê

Grave: Foz do Rio Itajaí, Alto Uruguai e Extremo Oeste

 

O mapa de classificação de risco é divulgado semanalmente pelo governo catarinense. Os níveis de risco, gravíssimo, grave, alto e moderado, são calculados a partir da combinação de fatores como transmissibilidade do vírus, leitos vagos e aumento de casos ativos de coronavírus em cada região.

Todas as regiões do Estado registraram alta mortalidade por Covid-19, reflexo do aumento dos números de casos na última semana, mostrando a expansão da epidemia por todas as regiões.

Nesta terça-feira (24), foram confirmadas mais 36 mortes pela doença em Santa Catarina. Conforme dados da Secretaria de Estado da Saúde, são 24.052 casos ativos de Covid-19. No acumulado, o Estado tem 3.530 mortes e 332.076 casos confirmados desde o início da pandemia.

O índice geral de ocupação dos leitos de terapia intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS) está em 81,4%. É a segunda maior ocupação desde o pico da pandemia, registrado em 5 de agosto.

Segundo o Governo do Estado, o grande número de casos dificulta a vigilância e monitoramento de casos e contatos. Nesse cenário é necessário aplicar ações que reduzam o contato entre pessoas como a restrição do funcionamento de atividades.

Com a mudança na classificação de risco da região essa semana haverá reunião dos prefeitos, de forma virtual, que deve acontecer nessa quinta-feira (26), onde os prefeitos da AMARP devem discutir a nova posição na Matriz de Risco do Governo do Estado, bem como quais serão as próximas ações a serem colocadas em prática nos municípios da nossa região, bem como possíveis mudanças e flexibilizações da última deliberação da entidade.

 

Fonte: NSC | Assessoria de Imprensa AMARP
Foto: Divulgação SES