Prefeitura de Tangará publica decreto para prevenção do Coronavírus

Aulas serão suspensas e eventos em geral cancelados

Apesar de não ter nenhum caso suspeito em Tangará até o momento, a prefeitura trabalha nas ações preventivas devido o avanço do novo Coronavírus pelo mundo. Foi publicado um decreto nesta terça-feira (17) com medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do COVID-19, obedecendo todas as determinações previstas no Decreto Estadual Nº 507/2020.

Já estão suspensos treinos de escolinhas de futsal, horários de atividades do ginásio de esportes, atividades de grupos do CRAS, encontros de idosos e demais atividades que tenham aglomeração de pessoas em ambientes internos ou externos.

As aulas serão suspensas a partir de quinta-feira (19), assim como a recomendação do Governo do Estado.

O prefeito, Nadir Baú da Silva, informa que está sendo analisada a possibilidade de criar uma equipe de saúde para atendimento a domicílio em possíveis casos suspeitos, para que não haja contato com pessoas que frequentam as unidades de saúde. A Secretaria de Saúde está trabalhando também nas ações de divulgação sobre as formas de prevenção.

 

As pessoas que necessitarem de atendimentos prestados pela prefeitura de Tangará devem entrar em contato por telefone, 3532 7450, antes de se deslocarem até o local. Essa é uma medida que está sendo tomada em vários municípios, mais uma vez buscando evitar aglomeração de pessoas em ambientes internos.

O mesmo decreto informa sobre a punição de estabelecimentos em que forem comprovados os aumentos injustificados de produtos de combate e prevenção ao Coronavírus, através de fiscalização do PROCON.

 

Clique aqui e confira o decreto

 

 

 

Previna-se

 

–  Caso o paciente apresente os sintomas da doença, como febre, tosse, falta de ar, dores musculares e de cabeça, deve procurar atendimento em uma unidade básica de saúde. Lá os agentes de saúde farão o devido encaminhamento, se necessário, e darão as orientações em relação ao tratamento.
– Em caso de dúvidas sobre onde procurar ajuda, as pessoas devem ligar para o número 136, do Disque Saúde, disponibilizado pelo Ministério da Saúde.
– Somente serão transferidos para UPAs ou hospitais pacientes em estado mais grave. Os sintomas do coronavírus são semelhantes ao de gripe e a recomendação para quem não tiver o caso agravado é que fique em isolamento e monitoramento em casa.
– Idosos e pessoas com doenças crônicas evitem ir a eventos fechados a locais com aglomeração
– Evite viajar se estiver com febre ou tosse;
– Evite contato com pessoas que estiverem visivelmente doentes, principalmente com sintomas respiratórios (tosse ou coriza);
– Higienize as mãos frequentemente, seja com água e sabão ou álcool gel;
– Evite tocar os olhos, nariz e boca;
– Pratique a etiqueta da tosse: ao tossir e espirrar, cubra a boca com lenço descartável ou antebraço. Descarte o lenço imediatamente;
– Se você ficar doente durante uma viagem, procurar imediatamente a tripulação ou equipe médica de bordo;
– Na viagem, evite a ingestão de alimentos de procedência duvidosa ou inadequadamente preparados;
– Evite o contato com animais silvestres ou animais doentes.

 

 

Fonte: Jornalismo Tangará AM
Foto: Divulgação