AMARP divulga novas recomendações no combate a Covid-19

Prefeitos defendem a ampliação do isolamento social, restrições foram ampliadas

A Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe – AMARP, realizou nessa quinta-feira (06), mais uma reunião virtual onde foram debatidos diversos temas relativos aos 15 municípios que compõe a entidade.

O principal assunto debatido entre os prefeitos, foi a deliberação de novas recomendações e restrições quanto ao combate ao Covid-19 que foram acordadas através de um documento regional definidos por consenso entre os 15 prefeitos da nossa região.

Decisões foram tomadas em conjunto entre os prefeitos da Amarp, bem como de forma consensual entre os presentes a reunião virtual. Nesse momento os prefeitos entendem a importância da ampliação do isolamento social, de novas normas de restrições em alguns setores,  bem como a ampliação de divulgação em meios de comunicação com foco na campanha de conscientização de evitar a aglomerações em família, amigos, sítios, residências, clubes dentre outros.

 

Foi deliberado na reunião que:

 

  • Missas e cultos continuam proibidos enquanto a região da Amarp se mantiver na posição gravíssimo (cor vermelha) no mapa da matriz de risco. Os Padres e Pastores poderão realizar atendimentos individualizados em suas igrejas ou em residências, caso sejam solicitados.
  • Quando ao horário de funcionamento de lojas de departamento, supermercados, mercados, mercearias, padarias, ações e similares que estão liberados a funcionarem até as 22 horas de segunda a sábado. Nos domingos o horário de funcionamento será até as 13 horas, até que a região da Amarp permaneça no nível gravíssimo na matriz de risco.
  • Restaurantes, lanchonetes e food trucks poderão funcionar de segunda a segunda até as 22 horas.
  • Nos bares o horário estabelecido é de segunda a sexta-feira até as 19 horas e sábado até as 12 horas, domingos e feriados permanece fechado, sendo que não é permitida a pratica de nenhum tipo de jogo, como baralho, sinuca e similares.
  • Fica proibido o uso de parques e praças para atividade esportivas, caminhadas, corrida e afins, conforme decreto do Governo do Estado.
  • O transporte coletivo urbano também será suspenso atendendo ao decreto do Governo do Estado de Santa Catarina.

 

Segundo o presidente da entidade e prefeito de Tangará, Nadir Baú da Silva, as deliberações e decisões continuam acontecendo em conjunto e por consenso, para que todos os municípios da região tomem as mesmas medidas a fim da prevenção e combate ao Coronavírus. “ Esse é um momento em que a população deve estar unida, seguindo as determinações sanitárias para que os números de casos venham a diminuir. Algumas restrições estão sendo colocadas para que não haja maior aglomeração em algumas situações que pode propagar o vírus. Temos a consciência de que nosso povo da região é colaborativo e nos ajudará a vencer essa batalha contra o Coronavírus” comentou o prefeito.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa AMARP
Foto: Divulgação