Prefeito de Tangará afirma que mais de 90% das empresas foram afetadas com temporal

A Defesa Civil de Santa Catarina confirmou que dois tornados atingiram o Estado

A Prefeitura de Tangará ainda contabiliza os prejuízos causados pelo temporal que atingiu a cidade na tarde desta sexta-feira, 14. Segundo o prefeito, Nadir Baú da Silva, ao menos 90% das empresas sofreram algum dano estrutural por conta dos fortes ventos. O levantamento dos estabelecimentos comerciais e residências ainda são realizados pela Defesa Civil.

A equipe de monitoramento meteorológico da Defesa Civil do Estado confirmou na madrugada deste sábado, 15, que dois tornados atingiram Santa Catarina no dia anterior. A informação foi publicada no site oficial do órgão.

O fenômeno ocorreu nas cidades de Água Doce e Irineópolis. Em municípios como Tangará, Ibicaré, Vargem Bonita e Catanduvas, os ventos fortes também causaram destelhamentos e destruições.

Em Água Doce, ao menos 700 casas ficaram destelhadas e outras 25 foram totalmente destruídas. Em Catanduvas, o fenômeno atingiu 235 imóveis, enquanto em Ibicaré, duas igrejas e dois pavilhões públicos registraram danos.