Ministério da Saúde pretende distribuir 10 milhões de testes do novo coronavírus

Até agora, 27 mil kits já foram enviados para os estados; Organização Mundial da Saúde defende testagem em massa

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, anunciou neste sábado (21) que o governo está adquirindo um volume “significativo” de testes para o diagnóstico da Covid-19. Segundo ele, até a semana que vem, 5 milhões de testes terão sido distribuídos no Brasil, um número que, em algumas semanas, chegará a 10 milhões.

Os testes que ainda vão ser adquiridos são mais fáceis de aplicar do que os 27 mil kits que foram distribuídos até agora para laboratórios de todo o Brasil, dos quais 10 mil neste fim de semana. Um mesmo kit pode ser usado para fazer o teste de até 23 amostras.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) tem defendido sistematicamente a testagem em massa da população de cada país. O objetivo seria rastrear a origem das infecções, como foi feito na China, e dimensionar a extensão do problema.

O Brasil tem alertado que não dispõe de kits suficientes e, por isso, o governo vinha limitando os kits aos pacientes com sintomas mais graves. Todos os 1.128 casos confirmados foram diagnosticados com testes laboratoriais.

Fonte: O Globo
Foto: Agência O Globo