Incêndio atinge fábrica de embalagens em Xaxim

Um incêndio de grandes proporções atinge uma fábrica de embalagens em Xaxim, no Oeste catarinense, nesta quinta-feira (2). Foram registradas explosões e pelo menos sete pessoas precisaram de atendimento médico, conforme o Corpo de Bombeiros Militar. Os socorristas continuavam no local até a atualização mais recente desta reportagem.

A Defesa Civil fez um alerta para que a população fique em casa, com as portas e janelas fechadas, por conta da fumaça.

Às 20h30 desta quinta, os bombeiros informaram que as chamas haviam diminuído e que se concentravam mais em dois pontos de maior queima. Já foram empenhados mais de 200 mil litros de água no combate às chamas.

Fogo

O incêndio começou por volta das 15h. Por causa do risco de explosões, policiais militares isolaram a área, inclusive parte da BR-282, e pediram para que todos fiquem distantes.

As sete pessoas que precisaram de atendimento médico tiveram queimaduras e intoxicação, conforme os bombeiros. A gravidade dos ferimentos está sendo avaliada.

Pelas primeiras informações, cerca de 250 pessoas estavam na empresa quando o incêndio começou. Pelos controles internos, todas saíram a tempo, segundo os bombeiros.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar, cerca de 40 socorristas estão empenhados no combate às chamas. Além de Xaxim, estão na cidade profissionais dos municípios de Xanxerê, Faxinal dos Guedes e Chapecó.

A fábrica faz embalagens de ráfia, aqueles sacos grandes para armazenar farelos e grãos. Segundo informações preliminares, o fogo começou em uma máquina de solvente – que ficava no coração do local – e se espalhou rapidamente.

A empresa Rafitec, atingida pelo incêndio, disse em nota que ainda não tem detalhes sobre o que motivou o incêndio e que os “maiores danos foram materiais” e que “todas as medidas foram tomadas priorizando a integridade física dos colaboradores”.