Homem com facão invade creche e mata crianças e professoras em Saudades

A polícia civil de Pinhalzinho confirma a morte de três crianças menores de dois anos de idade e duas professoras no município de Saudades. A tragédia aconteceu na manhã desta terça-feira (04) no Centro de Educação Infantil Aquarela, quando um jovem de 18 anos invadiu o local de porte de uma arma branca grande e desferiu golpes deliberadamente.

A Polícia Civil de Pinhalzinho confirmou a morte de três crianças menores de dois anos de idade e duas professoras no município de Saudades. A tragédia aconteceu na manhã desta terça-feira (04) no Centro de Educação Infantil Aquarela, que atende bebês de 6 meses a 2 anos de idade, quando um jovem de 18 anos invadiu o local de porte de uma arma branca grande e desferiu golpes deliberadamente.

Uma outra criança teve lesões menos sérias e recebe atendimento no hospital de Saudades. Uma agente educativa foi levada para o hospital em estado grave, em Chapecó, onde faleceu no fim da manhã.

O agressor, segundo o delegado Jerônimo Marçal Ferreira, não tem histórico policial e sem ligação com as vítimas. “Ele invadiu a escola e agrediu a professora que veio a falecer. Em seguida adentrou em uma sala e passou a agredir as crianças e essa outra funcionária”, informou. “Hoje, durante o dia haverá a coleta de depoimentos e investigações sobre o agressor”.

Delegado Jerônimo Marçal Ferreira fala sobre a tragédia que vitimou 5 pessoas em escola em Saudades

Após o ataque, o jovem tentou suicídio, cortando-se a região do pescoço e da virilha. Populares imobilizaram o agressor com barras de ferro e o seguraram até a chegada da Polícia Militar. O homem foi internado em estado grave no hospital de Pinhalzinho. A Polícia Militar faz a escolta no hospital. Ele foi encaminhado para outro local de atendimento.

Foto: Jornal A Sua Voz/Cedido

Profissionais de saúde da região foram deslocados à Saudades para auxiliar. O presidente do Hospital de Saudades, Celito Werlang, fez apelo a psicólogos para voluntariamente auxiliassem as famílias no local.

O prefeito Maciel Schneider informou que o município presta o auxílio às famílias e decretou luto oficial por três dias. A Governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr também decretou luto oficial de três dias no estado.

VÍTIMAS IDENTIFICADAS

Foram identificadas as professoras vítimas do ataque no Centro de Educação Infantil Aquarela, em Saudades nesta manhã de terça-feira (04).

A professora Keli Adriane Aniecevski, 30 anos, morreu no local, e a agente educativo Mirla Renner, que atuava como uma espécie de auxiliar das professoras, chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Ela havia completado 20 anos em janeiro.

Além das professoras, outras três crianças com menos de 2 anos morreram no ataque. Outras pessoas ficaram feridas.

CRIANÇAS IDENTIFICADAS

Segundo informou a secretária de educação do município, Gisela Hermann, os alunos – duas meninas e um garoto – completariam dois anos no segundo semestre de 2021. Seus nomes eram Anabela, Sara Luísa e Murilo.

AUTOR IDENTIFICADO

O autor foi identificado como Fabiano Kipper Mai, 18 anos, completados há cerca de um mês.

Fonte: Rádio Centro Oeste

Fonte: ND+
Foto: Imprensa do Povo