Custo de produção do leite prejudica o setor

O preço do leite no supermercado tem pesado no bolso do consumidor. Mas essa dificuldade também foi sentida pelo produtor e pela indústria, que sofrem com os efeitos da pandemia.

O preço do leite no supermercado tem pesado no bolso do consumidor, mas essa dificuldade também foi sentida pelo produtor e pela indústria, que sofrem com os efeitos da pandemia e o elevado custo de produção. A reportagem produzida por Douglas Alves para o RBV Agro, traz um panorama do setor, avaliando de que forma o mercado leiteiro tem sido impactado.

Os efeitos da pandemia sobre a economia brasileira e mundial são desastrosos, com grandes quedas em diversas atividades, serviços e no mercado de trabalho, mas as consequências são também sentidas em setores como o mercado leiteiro, salienta Valter Antônio Brandalise, Presidente do Sindileite SC, Vice Presidente do Conseleite e Diretor de Politica Leiteira e Captação da Lacticinios Tirol Ltda.

Quem vive do campo sofre, e quem trabalha com a produção de leite sentiu os efeitos na pele. Valter explica que o mercado do leite teve grandes alterações no primeiro semestre de 2021 em Santa Catarina. O preço do leite apresentou um forte aumento nos últimos meses, passando de R$2,19 para R$3,49 em média nos supermercados. Vários fatores contribuíram para essa elevação, como aumento da demanda, encarecimento dos insumos e outras incertezas.

O produtor tem se queixado muito, pois mesmo recebendo um valor maior pelo litro de leite entregue, nunca o custo de produção ficou tão alto, o que quase inviabiliza a atividade.

Apesar de tudo, Santa Catarina vive um bom momento ao se tratar de qualidade, pois é considerada área livre de febre aftosa sem vacinação. E isso influencia na qualidade e aceitação de produtos laticínios produzidos no estado, afirma Valter.

Fonte: Douglas Alves/RBV Notícias


VEJA OUTRAS REPORTAGENS DO AGRO

 

Receba diariamente em seu smartphone notícias do Meio Oeste de Santa Catarina, do estado, do Brasil e do mundo. Salve portanto em seus contatos o WhatsApp do RBV Notícias e envie uma mensagem: (49) 99129-4258.

Assim, com o RBV Notícias você fica sabendo das informações em destaque nas cidades de Caçador, Videira, Tangará, Capinzal e de quase 50 municípios em toda a região do Alto Vale do Rio do Peixe.

O RBV Notícias vai ao ar de segunda a sexta-feira pelas Rádios Barriga Verde, Tangará, Videira, Vitória, Rádio V e Caçanjurê. Também transmitimos ao vivo em vídeo pelo canal no YouTube e página no Facebook.

 

Fonte: RBV Rádios
Foto: Divulgação