Campanha de vacinação contra gripe inicia em SC na segunda-feira (23) para idosos e profissionais da saúde

Municípios farão vacinação fora das unidades de saúde para evitar aglomerações

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe Influenza, a gripe H1N1, foi antecipada pelo Ministério da Saúde em todo o país. O objetivo é facilitar o diagnóstico do novo coronavírus, já que os sintomas de ambas as doenças são parecidos.

A partir de segunda-feira (23), as vacinas estarão disponíveis para as pessoas que se enquadram no primeiro grupo de risco, que são os idosos e profissionais da saúde. Progressivamente, até 22 de maio, novos grupos devem receber a imunização. É necessário que população leve um documento de identidade, CPF e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

Depois dos idosos e de profissionais da saúde, será a vez de professores e profissionais da segurança e salvamento, além de pessoas portadores de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais. Por fim, de 9 de maio – dia D de vacinação – em diante, serão imunizadas crianças de seis meses a menores de seis anos, grávidas e puérperas – até 45 dias pós-parto.

 

 

Etapas de vacinação para os grupos prioritários:

 

Grupo 1- a partir de 23 de março:

— Idosos (com 60 anos e mais);
— Profissionais da saúde.

Grupo 2 – a partir de 16 de abril:

— Professores de escolas públicas e privadas;
— Profissionais das forças de segurança e salvamento;
— Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Grupo 3 – a partir de 9 de maio:

— Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;
— Gestantes e puérperas;
— Povos indígenas;
— Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas;
— População privada de liberdade;
— Funcionários do sistema prisional;
— Adultos de 55 a 59 anos de idade.

 

 

Em Tangará vacinação será na Estação Ferroviária e posteriormente roteiro no interior

 

A imunização a partir de segunda-feira (23) será exclusivamente para idosos e trabalhadores da área da saúde. Em Tangará a vacinação será realizada na Estação Ferroviária para evitar aglomerações na Unidade Básica de Saúde. O prefeito, Nadir Baú da Silva, explica. A partir do dia 30 será feito o roteiro de imunização nas comunidades do interior.

 

Clique aqui e confira o roteiro do interior

 

 

 

Em Ibiam imunização será realizada no Centro de Múltiplo Uso e também haverá roteiro para o interior

 

No município de Ibiam a vacinação do primeiro grupo prioritário será no Centro de Múltiplo Uso, também a partir de segunda-feira (23). O médico responsável pela Unidade de Saúde, Hudson Perez Dorigão Belisário de Souza, detalha o cronograma.

 

 

 

O que é a Influenza, sintomas e prevenção

 

Conforme a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive), a influenza, também chamada de gripe, é uma infeção viral aguda que afeta o sistema respiratório. A transmissão do vírus ocorre pela saída de secreções por meio de tosse e espirro, que entram em contato com os olhos, boca e nariz de outra pessoa não imunizada. O vírus também pode deixar superfícies contaminadas por algumas horas. Dentre os sintomas da doença estão febre alta, tosse, coriza, dor de garganta e cansaço.

Para se proteger contra a gripe, além da vacina, outros cuidados devem ser tomados. As mãos devem higienizadas com sabão e água ou álcool gel, lugares com aglomerações devem ser evitados, cobrir o rosto ao tossir e espirrar, de preferência com o antebraço ou lenço descartável, evitar colocar as mãos nos olhos, boca e nariz, janelas devem ser mantidas abertas para arejar os ambientes. Os cuidados devem ser os mesmos para o Covid-19.

 

Fonte: Jornalismo Tangará AM com informações de NSC
Foto: Divulgação