SC tem terceiro dia com bloqueios em rodovias

Até as 8h, foram confirmados bloqueios em rodovias de pelo menos 15 estados: SC, RS, PR, ES, MT, GO, BA, MG, TO, RJ, RO, MA, RR, PE e PA, segundo boletim do Ministério da Infraestrutura com dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Santa Catarina chega nesta quinta-feira (9) ao terceiro dia com bloqueios em rodovias. As interdições começaram no feriado de Independência, 7 de setembro, como parte de manifestações em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os manifestantes defendem pautas antidemocráticas e atacam o Supremo Tribunal Federal (STF). Há restrições em todas as regiões do Estado (veja os pontos abaixo).

​Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os bloqueios, por enquanto, são restritos a caminhões. Carros de passeio e motos podem transitar pelas rodovias. A atualização mais recente sobre as interdições foi publicada pela PRF às 6h. São pelo menos 19 pontos, dois a menos do que o registrado na noite de quarta-feira (8).

Duas decisões judiciais publicadas na noite de quarta determinaram o desbloqueio das rodovias federais. As ações pediram a retirada dos manifestantes que trancam pontos da BR-101, no trecho Sul, e um ponto da BR-116.

Conforme a PRF, pontos de protesto em Garuva, Joinville e Itajaí foram desmobilizados em função do cumprimento da medida. Entretanto, ainda há pontos de interdição nas rodovias citadas pela justiça.

Há bloqueios também em rodovias estaduais. Um boletim foi divulgado pela Polícia Rodoviária Estadual (PMRv) às 6h42min. Ao todo, seis estradas são monitoradas e uma apresenta restrições. Na madrugada desta quinta, manifestantes atearam fogo em entulhos, madeira e pneus na SC-412, em Itajaí. A ação foi no km 250. Segundo a polícia, os bombeiros estiveram no local e extinguiram as chamas. A via foi liberada.

Bloqueio parcial na cidade de Araquari, no km 72​

Bloqueio parcial na cidade de Jaguaruna, no km 353​

Bloqueio parcial na cidade de Içara, km 375​

Bloqueio parcial na cidade de Maracajá, km 402​

Bloqueio parcial na cidade de Araranguá, km 419​

Bloqueio parcial na cidade de São João do Sul, km 451​

Bloqueios parciais em São Francisco do Sul, nos km 1,4 e 11​

Bloqueio parcial em Guaramirim, no km 55​

Bloqueio parcial em São Bento do Sul, no km 121​

Bloqueio parcial em Canoinhas, no km 230​

Bloqueio parcial em Mafra, no km 7​

Bloqueio parcial em Santa Cecília, no km 138​

Bloqueio parcial em Navegantes, no km 4​

Bloqueio parcial em Gaspar, no km 45​

Bloqueio parcial em Ascurra, no km 89

Bloqueio parcial em Maravilha, no km 606​

Bloqueio parcial em São Miguel do Oeste, no km 646​

Bloqueio parcial em Antônio Carlos (não foi divulgado o km)

A PRF confirmou ter recebido denúncias sobre caminhoneiros estarem sendo obrigados a juntar-se ao movimento, mesmo contrários a ele. A informação repassada pela polícia é que ocorrem negociações em todos os locais para liberações, muitas com sucesso, outras “ainda não”.

Na quarta-feira (8), havia registro de caminhoneiros retidos contra a vontade em pelo menos quatro cidades: Garuva, Joinville, Itajaí e Campos Novos. Não há registros de motoristas feridos ou veículos danificados até a manhã desta quinta-feira.