Brasil tem 46 mortes e 2.201 casos confirmados de Covid-19

Santa Catarina tem 109 casos confirmados

O Ministério da Saúde divulgou na tarde desta terça-feira (24) seu mais recente balanço dos casos de coronavírus Sars-Cov-2, vírus responsável pela doença Covid-19. Os principais dados são:

 

  • 46 mortes, eram 34 na segunda-feira
  • 201 casos confirmados
  • São Paulo tem 810 casos e 40 mortes
  • Rio de Janeiro tem 305 casos e 6 mortes

 

O número de mortos por causa do novo coronavírus subiu 35% em relação ao balanço do dia anterior. Já o total de casos subiu 16%. O aumento nos casos já era previsto. De acordo com o secretário-executivo do ministério, João Gabbardo, a meta com as medidas de restrição sugeridas pelo governo federal, a expectativa é que o total de casos dobre a cada três dias.

Segundo o Ministério da Saúde, a atual taxa de letalidade da doença no país é de 2,1%, com base nos dados registrados até 16h desta terça-feira.

 

109 casos confirmados da doença em Santa Catarina

 

Santa Catarina tem 109 casos confirmados do novo coronavírus, conforme boletim de atualização divulgado pelo governador Carlos Moisés em coletiva de imprensa nesta terça-feira, 24. Há pacientes com diagnóstico positivo para a doença Covid-19 em todas as regiões do Estado.

O Estado tem 336 casos suspeitos. Os municípios com casos confirmados (por localidade de notificação) são: Florianópolis (20), Itajaí (10), Balneário Camboriú (9), Tubarão (9), Braço do Norte (9), Criciúma (9), Blumenau (7), São José (6), Joinville (4), Imbituba (4), Navegantes (3), Chapecó (3), , Gravatal (2), Jaguaruna (2), Jaraguá do Sul (2), Porto Belo (2), Rancho Queimado (2), Içara (1), Laguna (1), Lages (1), Pomerode (1), Gaspar (1) e Tijucas (1).

 

 

Ampliação dos testes

 

O Ministério da Saúde afirmou ter a previsão de ampliar para 22,9 milhões o número de testes que serão distribuídos para diagnosticar a Covid-19. “Possivelmente, (por causa da maior oferta de testes) o Brasil será o país com o maior número de casos”, disse o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, apontando que o aumento no diagnóstico deve fazer a taxa de letalidade ser mais próxima da real.

Segundo o secretário, o Brasil tem a capacidade de realizar 6,7 mil testes por dia. Entretanto, a meta é chegar a entre 30 e 40 mil testes por dia.

Há a previsão de elaboração um novo protocolo para testagem dos casos mais leves em postos volantes. A meta é utilizar os postos em cidades com mais de 500 mil habitantes, como estratégia para conter surtos.

 

 

 

Alerta global

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta terça-feira (24) que percebe uma “aceleração muito grande” em número de casos de coronavírus nos Estados Unidos, o que representa potencial para o país se tornar o novo epicentro da epidemia, informou a agência Reuters.

 

Fonte: G1
Foto: Divulgação