Brasil supera 213,3 milhões de habitantes, estima IBGE

São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro são os Estados mais populosos, enquanto Roraima tem o menor número de habitantes

O Brasil possuí 213.317.639 de habitantes, segundo estimativa divulgada nesta sexta-feira (27) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), com base no último dia 1º de julho.

O número corresponde a um aumento de 0,74% (+1.561.947 habitantes) na população nacional em relação ao volume apurado há um ano, quando o Brasil tinha 211.755.692 de habitantes.

A projeção presente no DOU (Diário Oficial da União) aponta o Estado de São Paulo como o mais populoso do País, com 46.649.132 de habitantes. Na sequência, aparecem Minas Gerais (21.411.923 habitantes), Rio de Janeiro (17.463.349), Bahia (14.985.284) e Paraná (11.597.484).

Na outra ponta da relação está Roraima, que soma 652.713 habitantes. Também aparecem no grupo com menos de 1 milhão de residentes os Estados do Amapá (877.613 habitantes) e o Acre (906.876).

ESTIMATIVA POPULACIONAL 2021

Unidade da Federação População
São Paulo 46.649.132
Minas Gerais 21.411.923
Rio de Janeiro 17.463.349
Bahia 14.985.284
Paraná 11.597.484
Rio Grande do Sul 11.466.630
Pernambuco 9.674.793
Ceará 9.240.580
Pará 8.777.124
Santa Catarina 7.338.473
Goiás 7.206.589
Maranhão 7.153.262
Amazonas 4.269.995
Espírito Santo 4.108.508
Paraíba 4.059.905
Mato Grosso 3.567.234
Rio Grande do Norte 3.560.903
Alagoas 3.365.351
Piauí 3.289.290
Distrito Federal 3.094.325
Mato Grosso do Sul 2.839.188
Sergipe 2.338.474
Rondônia 1.815.278
Tocantins 1.607.363
Acre 906.876
Amapá 877.613
Roraima 652.713

A estimativa da população em 2021 para os municípios onde as emissoras da RBV Rádios estão presentes é a seguinte:

Em Capinzal a estimativa é de 23.218 pessoas, um aumento de 0,79% em relação ao ano passado. Caçador tem 80.017 habitantes, crescimento de 0,88%.

Em Tangará a população estimada é 8.648 pessoas, com registro de queda de 0,17% em relação ao ano passado. E Videira tem 54.145 moradores em 2021, de acordo com a estimativa do IBGE, um aumento populacional de 0,99%.