Assuntos debatidos na sessão da Câmara de Vereadores de Tangará

Segunda sessão ordinária do mês de junho foi realizada na noite desta segunda-feira (14).

A Câmara de Vereadores de Tangará realizou na noite desta segunda-feira (14) a segunda sessão ordinária do mês de junho. Um projeto deu entrada na Casa Legislativa:

Projeto de Lei nº 029/2021 “REVOGA LEIS QUE ESPECÍFICA”, de autoria do Vereador Andrey Wilson Alberti.

Na ordem do dia da sessão, foram aprovadores em primeira votação por todos os Senhores Vereadores os seguintes projetos:

Projeto de Lei nº 027/2021 “DISPÕE SOBRE A ABERTURA DE CRÉDITO ADICIONAL ESPECIAL, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”.

Projeto de Lei nº 028/2021 “DISPÕE SOBRE ANULAÇÃO E SUPLEMENTAÇÃO DE DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA QUE ESPECIFICA”.

Na palavra livre o Vereador Marcio Meyer solicitou que fosse enviado um ofício para a Polícia Militar de Tangará para que fossem averiguar uma situação que está ocorrendo na cidade, onde alguns motoqueiros estão utilizando o escapamento aberto, gerando um barulho mais alto que o normal e atrapalhando os comerciantes com o som. Por fim, agradeceu o trabalho deles em nossa cidade que é de muita competência.

O Vereador Roberto Rampon deixou sua nota de repúdio sobre o que aconteceu na Feira do Produtor Rural em Caçador com agricultor Luiz Petrykowski que acabou detido pela Polícia Militar e encaminhado à delegacia, por não aceitar a apreensão de mais de R$ 3 mil reais em queijos que ele comercializa na feira, devido à falta de um selo de Inspeção Municipal. Roberto comenta que também é agricultor e enfrenta as mesmas dificuldades que o colega, pois os impostos e principalmente as exigências do Ministério da Agricultura deixa algumas atividades inviáveis. O Vereador afirma que outra situação que também lhe deixa triste é ver que com essa notícia vários deputados se solidarizam, porém nenhum até hoje apresentou um projeto para mudar isso. Por fim, Roberto solicitou o apoio dos Nobres Colegas Vereadores para sempre conversarem com seus deputados para pedir uma flexibilidade maior para os produtores da agricultura familiar.

O Vereador Andrey Alberti parabenizou o Prefeito Aldair Biasiolo e toda a equipe envolvida na campanha “Cobertor Solidário”, e comentou que as arrecadações irão até o dia 30 de junho, e quem tiver cobertor sobrando e quiser fazer a doação para as famílias carentes há vários pontos de coleta nos órgãos associados e dentro da prefeitura também. Andrey pediu que fosse encaminhado um ofício para Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (AMARP) para que sejam listados todos os serviços prestados pela entidade, pois como essa associação engloba vários serviços os funcionários têm dificuldades que às vezes eles poderiam estar auxiliando. O Vereador também deixou registrado que foi realizar a fiscalização das duas pontes que estão sendo construídas. Andrey comentou a respeito das câmeras de monitoramento rural, no qual ele mesmo está realizando um levantamento da viabilidade de instalação de câmeras rurais em pontos específicos do municípios que já possuem fibra óptica, e solicita o apoio de todos os colegas para solicitar emendas a seus deputados para que esse projeto seja concretizado, pois é de muita importância para os agricultores. Andrey também explanou que encaminhou seu primeiro projeto de lei para a Casa de Leis, que seria um “Faxinão das Leis”, como ele mesmo diz. Neste projeto é para serem revogadas 15 leis que são obsoletas, que não são mais utilizadas no meio público e foram decretadas entre os anos 1960 e 1980. Por fim, o Vereador informou sobre o Junho Vermelho, mês da conscientização da doação de sangue, e fez um apelo para a população que se possível realizem a doação de sangue sempre que puderem para poder salvar vidas.

O Vereador Roberto pediu uma parte na fala do Vereador Andrey e comentou que na semana passada enviou um ofício falando sobre a posição das vigas e o Vereador pediu se isso também lhe chamou atenção.

Andrey, por fim, comentou que chamou sua atenção também, pois ficou um pouco fora da direção da estrada, mas acredita que após a conclusão da obra isso seja solucionado. Também afirmou que sempre estará fiscalizando essas pontes para não haver irregularidades.

Nada mais havendo a Presidente Maria Miria Rambo encerrou a presente sessão e convocou os Vereadores para a próxima, marcada para o dia 21 de junho às 19h00.

 

Fonte: Assessoria Imprensa Câmara de Vereadores de Tangará
Foto: Assessoria Imprensa Câmara de Vereadores de Tangará