Amarp permanece no nível gravíssimo na Matriz de Risco do Governo do Estado

Nova atualização do mapa de risco aponta que das 16 regiões nessa semana 15 aparecem em nível gravíssimo

NesTa sexta-feira (18), o Governo do Estado encaminhou o informativo atualizado da Matriz de Risco com os dados que mostram que a Associação dos municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (Amarp), continua mais uma semana no nível “Gravíssimo” (vermelho). A nova atualização do mapa de risco aponta que das 16 regiões nessa semana 15 aparecem em nível gravíssimo (vermelho) do mapa.  A única região de Santa Catarina que se encontra em nível grave (laranja), é a região de Xanxeré. Não há regiões no nível alto (amarelo) ou moderado (azul).

Em relação aos dados divulgados na semana passada, a Foz do Rio Itajaí e o Extremo-Oeste foram reclassificadas para o nível gravíssimo. De acordo com a Matriz de Risco, houve um aumento no número de óbitos nas regiões do Extremo-Oeste e Meio-Oeste. No índice de capacidade que mede a capacidade de atenção na taxa de ocupação dos leitos de UTI , todas as regiões se encontram em nível gravíssimo.

Com a manutenção na classificação de risco da região da Amarp, na terça-feira (22), será realizada de forma virtual, uma reunião com os prefeitos, onde devem discutir a posição na Matriz de Risco do Governo do Estado, bem como quais serão as próximas ações a serem colocadas em prática nos municípios da nossa região, assim como possíveis mudanças e flexibilizações da última deliberação da entidade.

 

Fonte: RBV Rádios
Foto: Divulgação